Descrição

A cascata do Côto do Boi é uma queda de água sazonal localizada no ribeiro de Moldes, a cerca de 930 metros de altitude, muito perto da sua nascente e, por essa razão, no verão chega a estar praticamente seca. A água cai de cerca de 20 metros de altura, e o leito do rio em xisto foi polido ao longo de milhares de anos pela erosão das águas. Este é o habitat do raro narciso-das-turfeiras que se pode observar a jusante da cascata. Nos arrelvados do alto da cascata, a exuberante fritilária exibe as suas cores em variantes de púrpura e castanho. Mas é o Côto do Boi, imponente tergo drenado a este pela ribeira do Côto do Boi e a oeste pela de Roças, confluindo na ribeira de Moldes, que merece maior destaque; do alto dos seus 1000 metros, lembrando uma enorme garupa de boi, forma uma impressionante escarpa com mais de 100 metros que é o habitat preferencial de espécies rupícolas endémicas como o pólio-das-rochas e o saramago-das-rochas. O fim desta escarpa marca ainda o contacto com o quartzodiorito de Arouca, um pouco mais abaixo, onde podemos observar no afloramento rochoso, a margarida-das-rochas e os campanários.

Vale do ribeiro de Moldes e fim do tergo de Côto do Boi
Cascata de Côto do Boi
Cascata de Côto do Boi
Vista da cascata de Côto do Boi